Redes Sociais

7 de dezembro de 2011

As bases neurológicas do comportamento emocional


Este post não é nada definitivo: trata-se de fragmentos que eu encontrei perdidos no meu computador.....



Atualmente as emoções são classificadas em  cinco: Alegria, Raiva, Medo, Tristeza, Nojo. Geradas no sistema límbico de forma inconsciente, as sensações intensas geram atividades nos lobos frontais e são percebidas como sentimento.De acordo com Ader e Cohen apud Moreira e Medeiros (2007), o condicionamento Pavloviano se estende a resposta imunológicas, pois o emparelhamento de medicação e água com açúcar em ratos fez com que, após a retirada do US (medicação), eliciasse respostas imunológicas em ratos.
Cérebro emocional

Amídala

Seu papel é processar todos os estímulos e sinalizar para outras áreas produzirem a reação emocional adequada. Contêm regiões distintas – os núcleos que são afetados por hormônios sexuais, portanto agem diferente em homens e mulheres.

Neurônios espelhos

Determinados neurônios são ativados quando um indivíduo se  movimenta e também ou quando vê outro indivíduo se mover, o que equivale a dizer que é natural que os indivíduos imitem uns aos outros. Os neurônios responsáveis por essa sincronia são os chamados Neurônios-espelhos e foram descobertos inicialmente na área de planejamento motor dos macacos. Estudos de neuroimagem confimaram a existências desses neurônios em humanos de forma ampla, abrangendo regiões motoras e partes do córtex motor.
Estudos recentes descobriram que determinada proporção ainda desconhecida dos neurônios-espelho torna-se ativa tanto pela movimentação quanto pela observação do movimento. Os neurônios do córtex Pré-motor associados ao planejamento para movimentar as pernas são ativados quando se observa uma pessoa correr.

Hormônios

Feniletilamina  e dopaminha – relacionam-se com a euforia inicial.
Ocitocina - o seu nível também aumenta após um beijo romântico e, mais ainda, após uma relação sexual. Outros estudos mostraram que as pessoas ficam muito mais generosas com desconhecidos, após inalaram esta substância, em comparação com outro grupo que apenas recebeu um placebo.

Desejo

Podemos defini-lo como um impulso complexo, que reflete fortemente preferências pessoais.


A elaboração de um luto torna-se complicada em alguns casos porque a lembrança ativa a área do processamento da recompensa e o núcleo accumbens, que produz Dopamina.
A relação sexual ganha importância pelo seu poder reprodutivo o que leva à estimulação do sistema de recompensa cerebral.
Ainda não há consenso sobre as áreas relacionadas ao ciúme e outras emoções, pois inúmeros caminhos sinápticos estão envolvidos em sujeitos diferentes.
No homem enciumado, as áreas que mostram mais atividade são as ligadas à sexualidade e agressividade, enquanto na mulher as áreas de maior atividade são os sulcos superiores dos do lobo temporal, área relacionada à linguagem expressiva e compreensiva. (DUNKER, p. 12-13)

Avalie

Avisos


© 2014-2016 |Todos os direitos reservados|
É proibida a reprodução parcial ou integral do conteúdo deste website, em qualquer forma, sem autorização expressa dos autores.
O conteúdo deste site destina-se a todos aqueles que buscam ajuda psicoterapêutica, porém não substitui o acompanhamento psicoterápico.

As endereços de email são mantidos sob sigilo e nenhuma informação dos usuários é vendida, trocada ou divulgada.

As mensagens enviadas por usuários em particular não serão divulgadas. Solicita-se que os comentários de posts sejam sucintos e discretos. Comentários que contenham relatos de casos serão apagados para preservar o sigilo dos usuários.

Artigo da semana

Postagem em destaque

Psicóloga Bradesco Saúde sp

Psicologa Bradesco Psicologa que atende Bradesco, Amil, Sulamerica, Vila Mariana, SP. Agende sua consulta Gratuita 1199984-9910 ...

♥ psicologa bradesco sp



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Indicação de Leitura

  • A formação Social da Mente - Vygotsky
  • A mente vencendo o humor - Greenberger, D., & Padesky, C. A. (1999)
  • Amar ou depender - Walter Riso
  • Amor, ódio e Reparação - Melanie Klein
  • Amores que Matam
  • Coleção EMOÇÔES - Mente e cérebro
  • Porque Amamos - Helen Fisher
  • Psicologia do Amor - Nathanael Baden
  • Seis Estudos de Psicologia - Jean Piaget
  • Sexo, Amor, Endorfinas e Bobagens - Cibele Fabichak
  • Solidão - Anthony Storr