Redes Sociais

30 de dezembro de 2013

Reflexões sobre a passagem de ano

Muito se fala nesta época de passagem de ano em coisas boas, as pessoas trocam votos de saúde e felicidade.

No entanto, e justamente nesta época que algumas pessoas tendem a se sentirem mais deprimidas, angustiadas ou ansiosas.

Por que ocorre esta contradição?

Sem querer generalizar, afinal cada caso deve ser avaliado separadamente, para alcançar uma compreensão individual.

No nível social, uma possível suposição seria compreender o quanto os meios de comunicação colaboram para elevar as expectativas de felicidade. Basta acompanhar as propagandas que mostram as famílias unidas, felizes, casais se abraçando, mesa farta viagem tranquila. um perfeito paraíso de consumo ditado pela imposição capitalista determinando que ser feliz é ter e não ser, colocando a felicidade em um patamar quase inatingível

Sejamos realistas: quantas pessoas conseguem reunir ao mesmo tempo dinheiro diversão, saúde, família feliz?

Devem existir pessoas assim, mas são raras.


Nesta época somos bombardeados por propagandas de felicidade e como e natural muitas pessoas não conseguem realizar o que e proposto pela mídia o resultado e a depressão.


Fala-se que é tempo de amar, mas quanto desamor foi demonstrado ao longo do ano?
Fala-se que é tempo de paz, mas quantas guerras subjetivas são travadas consigo mesmo?
Quantos vidros de calmante são necessários para conseguir a paz interior imposta pela mídia?

Acredito que a renovação deva ocorrer sim, a todo momento, todos os dias, todas as horas, mas de forma espontânea. Sem imposições de qualquer natureza. E da direção que o indivíduo entender como adequada, na medida das próprias forças. A lista de mudanças de ano novo não será efetiva se o indivíduo não se comprometer a ser ele mesmo, afinal as mudanças devem ocorrer sempre de dentro pra fora, por meio do exercício do autoconhecimento.



Avalie

Avisos


© 2014-2016 |Todos os direitos reservados|
É proibida a reprodução parcial ou integral do conteúdo deste website, em qualquer forma, sem autorização expressa dos autores.
O conteúdo deste site destina-se a todos aqueles que buscam ajuda psicoterapêutica, porém não substitui o acompanhamento psicoterápico.

As endereços de email são mantidos sob sigilo e nenhuma informação dos usuários é vendida, trocada ou divulgada.

As mensagens enviadas por usuários em particular não serão divulgadas. Solicita-se que os comentários de posts sejam sucintos e discretos. Comentários que contenham relatos de casos serão apagados para preservar o sigilo dos usuários.

Artigo da semana

Postagem em destaque

Psicóloga Bradesco Saúde sp

Psicologa Bradesco Psicologa que atende Bradesco, Amil, Sulamerica, Vila Mariana, SP. Agende sua consulta Gratuita 1199984-9910 ...

♥ psicologa bradesco sp



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Indicação de Leitura

  • A formação Social da Mente - Vygotsky
  • A mente vencendo o humor - Greenberger, D., & Padesky, C. A. (1999)
  • Amar ou depender - Walter Riso
  • Amor, ódio e Reparação - Melanie Klein
  • Amores que Matam
  • Coleção EMOÇÔES - Mente e cérebro
  • Porque Amamos - Helen Fisher
  • Psicologia do Amor - Nathanael Baden
  • Seis Estudos de Psicologia - Jean Piaget
  • Sexo, Amor, Endorfinas e Bobagens - Cibele Fabichak
  • Solidão - Anthony Storr