16 de abril de 2017

Traição: como lidar.

Traição: como lidar.

psicologa bradesco| psicologa Amil| psicologa sulamerica

Em sentido strito, Traição ou infidelidade significa a ruptura de compromissos, que pode se dar em vários níveis: afetivos, profissionais, familiares, etc.

Configura-se a quebra de vínculos de confiança, quando uma das partes abusa da confiança que recebeu, praticando atos que poderão prejudicar a relação.

Quando falamos de traição conjugal (ou em relacionamentos de qualquer natureza), estamos nos reportando à dor que sente uma pessoa traída, equivalente à dor de um luto.

Nestes casos, geralmente algumas pessoas traídas passam pela fase de exigência de reparação, buscando alívio para a sua dor; outras assumem a culpa pela traição alheia, como se não fossem boas o suficiente para o (a) outro (a).

Como lidar:

1. Quando tiver evidências concretas que houve uma traição, tente manter a calma, e se possível, não tome nenhuma atitude precipitada no momento da descoberta;

2. Assim que conseguir restabelecer a calma, converse com  o (a) parceiro (a) expondo o que viu, e se possível ouça  sua versão dos fatos;

3. Perdoar ou não perdoar: fica a seu critério - lembre-se que o seu bem estar deve prevalecer sempre;

4. Caso decida não perdoar: siga adiante, focando em seus interesses e esqueça este relacionamento fatídico. Não procure se vingar, apenas siga em frente. Em outro momento a vida lhe trará outros relacionamentos gratificantes e certamente mais saudáveis;

5. Se decidiu perdoar a traição, perdoe mesmo. Ponha uma pedra sobre o assunto e dê um voto de confiança para a pessoa; em caso de desentendimento não resgate este assunto.

6. Evite se confrontar com a pessoa que estava ficando com seu (sua) parceiro (a), pois isso apenas aumentará sua tensão e não trará nenhum ganho.