Os Relacionamentos Orbitais

Batizados como "orbiting" pela escritora Anna Iovine, em matéria publicada na Revista Men Reppeler, são assim chamados por caracterizar relações de afeto onde há pouco contato efetivo, embora haja algum contato via redes sociais.

Orbitar, em Astronomia significa "mover-se em círculo, sem nunca se aproximar"


convenio intermedica psicologo sulamérica saúde psicologo sulamerica plano de saude psicologo Psicologo barato em São Paulo Psicologo de graça em sp Psicologa barata em são paulo



Algumas pessoas não conseguem desapegar. 
O relacionamento termina, o tempo passa, as circunstâncias mudam, mas algumas pessoas (aparentemente) não se dão conta, e continuam "orbitando" ao redor do ex. 

Alguns "orbits" aparecem "do nada" com um simples "Oi Sumida (o)", depois de muto tempo, imaginando que seja possível resgatar uma relação. Quando os desavisados ingenuamente tentam resgatar a relação, muitas vezes supondo que "desta vez será diferente", eis que o "orbit" some novamente, como um corpo celeste que não está mais lá!!

É inútil mandar mensagem, ligar, provocar: o orbit simplesmente não vai responder aos seus apelos, porque ele não quer mais compromisso com você... só queria matar um pouco a sua solidão ou calibrar sua autoestima. Ele só voltará quando estiver carente de novo!

Você não precisa passar por isso, concorda?


Se você acredita que não vai conseguir ser feliz no amor nunca, procure uma psicóloga e faça psicoterapia.

a Ajuda emocional diferenciada, vai favorecer a compreensão dos pontos cegos da sua vida, e certamente você descobrirá talentos para lidar com várias situações e não perder mais tempo com relações fracassadas.



convenio intermedica psicologosulamérica saúde psicologosulamerica plano de saude psicologoPsicologo barato em São PauloPsicologo de graça em spPsicologa barata em são paulo

Psicóloga SP Vila Mariana S. Paulo Terapia online presencial

Postagens mais visitadas deste blog

Análise da letra "O Papa é POP"

As cinco fases do luto no término dos relacionamentos

A necessidade de aceitação

Vídeo