15 de agosto de 2017

Mecanismos de defesa nas relações afetivas



Mecanismos de defesa nas relações afetivas


PALAVRAS CHAVES Psicoterapia: crianças, adultos, idosos, casais e grupos. Ajuda emocional, dificuldade de relacionamento, ansiedade, depressão. Orientações e aconselhamentos. Primeira consulta psicologica grátis Maris V. Botari (Curriculo) Psicóloga Clínica CRP-SP - 06/121677  Agendamento de 1ª consulta psicológica gratuita Whatsapp (11) 99984-9910 Email: psicologamaris@gmail.com Sites: http://www.psicologiasemfronteiras.com.br http://www.psicoterapia-sp.com.br http://www.psicologiarelacionamentos.com.br  Consultório Rua Domingos de Morais, 770 – bloco 01 – sala 05 Sobreloja Vila Mariana - sp -São Paulo – 05 minutos a pé do metro Ana Rosa Horário de atendimento: Segunda a sexta: 7:00-22:00 Sábados: 7:00-19:00 Domingos e feriados – Emergências   Keys:  Psicologa Amil sp,  Psicologo Amil sp, psicóloga Amil psicólogo Amil, reembolso, Psicologa bradesco sp,  Psicologo bradesco sp, psicóloga saúde bradesco sp, psicólogo saúde bradesco sp, Psicologa bradesco,  Psicologa bradesco psicóloga bradesco saúde sp,  psicólogo bradesco saúde sp, reembolso, Psicologa Sulamerica sp,  Psicologo Sulamerica sp, psicóloga saúde Sulamerica sp, psicólogo saúde Sulamerica sp, Psicologa Sulamerica, Psicologa Sulamerica, psicóloga Sulamerica saúde sp,  psicólogo Sulamerica saúde sp, Psicologa Sul america sp,  Psicologo Sul america sp, psicóloga saúde Sul america sp, psicólogo saúde Sul america sp, Psicologa Sul america, Psicologa Sul america, psicóloga Sul america saúde sp,  psicólogo Sul america saúde sp, Psicologa convenio Sulamerica sp,  Psicologo convenio Sulamerica sp, psicóloga  convenio saúde Sulamerica sp, psicólogo  convenio  saúde Sulamerica sp, Psicologa convenio  Sulamerica, psicóloga  convenio Sulamerica saúde sp,  psicólogo  convenio Sulamerica saúde sp, reembolso, Psicologa Golden cross sp,  Psicologo Golden cross sp, psicóloga Golden cross   psicólogo Golden cross reembolso, Psicologa allianz sp,  Psicologo allianz sp, psicóloga allianz   psicólogo allianz  reembolso, Psicoterapia Amil sp,  Psicoterapia Amil, reembolso, Psicoterapia allianz sp, Psicoterapia allianz,   reembolso, Psicoterapia Golden cross sp, Psicoterapia Golden cross,   reembolso, Psicoterapia Sulamerica sp,  Psicoterapia saúde Sulamerica sp, Psicoterapia Sulamerica, Psicoterapia Sul america, sp Psicoterapia Sul america, Psicologa Amil sp,  Psicologo Amil sp, psicóloga Amil psicólogo Amil, reembolso, Terapia de casal bradesco sp,  Terapia de casal bradesco sp, Terapia de casal saúde bradesco sp, Terapia de casal saúde bradesco sp, Terapia de casal bradesco,  Terapia de casal bradesco Terapia de casal bradesco saúde sp,  Terapia de casal bradesco saúde sp, reembolso, Terapia de casal Sulamerica sp,  Terapia de casal Sulamerica sp, Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sulamerica saúde sp,  Terapia de casal Sulamerica saúde sp, Terapia de casal Sul america sp,  Terapia de casal Sul america sp, Terapia de casal saúde Sul america sp, Terapia de casal saúde Sul america sp, Terapia de casal Sul america, Terapia de casal Sul america, Terapia de casal Sul america saúde sp,  Terapia de casal Sul america saúde sp, Terapia de casal convenio Sulamerica sp,  Terapia de casal convenio Sulamerica sp, Terapia de casal  convenio saúde Sulamerica sp, Terapia de casal  convenio  saúde Sulamerica sp, Terapia de casal convenio  Sulamerica, Terapia de casal convenio Sulamerica, Terapia de casal  convenio Sulamerica saúde sp,  Terapia de casal  convenio Sulamerica saúde sp, reembolso, Terapia de casal Golden cross sp,  Terapia de casal Golden cross sp, Terapia de casal Golden cross   Terapia de casal Golden cross reembolso, Terapia de casal allianz sp,  Terapia de casal allianz sp, Terapia de casal allianz   Terapia de casal allianz  reembolso, Terapia de casal Amil sp,  Terapia de casal Amil, reembolso, Terapia de casal allianz sp, Terapia de casal allianz,   reembolso, Terapia de casal Golden cross sp, Terapia de casal Golden cross,   reembolso, primeira consulta grátis, Terapia de casal Sulamerica sp,  Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sul america, sp Terapia de casal Sul america, Reembolso, primeira consulta grátis, vila mariana, são Paulo,Até ontem, você vivia uma vida relativamente tranquila, apenas com seus problemas cotidianos, levando sua rotina de forma estável. Mas hoje tudo é diferente: seu coração bate descompassado, você perdeu subitamente o apetite, está com alguma dificuldade para conciliar o sono. Isto para dizer o mínimo, porque sua produtividade sofreu um abalo: aquilo que você conseguia fazer com muita prática, hoje está demandando um esforço imenso, pois sua capacidade de concentração está comprometida e sua ansiedade está em “nível hard”.



Até ontem, você conseguia pensar nas contas a pagar, nos relatórios a entregar, nos prazos a cumprir; conseguia sair com os amigos, conversar vários sobre assuntos variados, olhar para diversas pessoas e admirar algumas.
Mas hoje você está diferente: sua atenção está voltada para um único foco: o objeto de sua paixão.
Você não se deu conta de como, nem quando isto aconteceu, afinal não estava esperando por isso! Mas aos poucos foi percebendo que subitamente seu pensamento mudou de foco, e está cada vez mais difícil manter a rotina. Neste momento, a única coisa que o motiva é a vontade de estar com aquela pessoa.
Porém, este desejo é sempre acompanhado de muitas dúvidas, pois existe o risco da não correspondência, mesmo que a outra parte tenha demonstrado isso de forma clara e isto aumenta muito sua ansiedade, pois seria muito doloroso lidar com a rejeição.
Para lidar com esta situação, você passa a blindar-se contra o apego usando mecanismo de defesas, propostos por Anna Freud (2006). Vamos analisar cada um deles:
Repressão – ato de reprimir os pensamentos perturbadores para o inconsciente, evitando contato.
A repressão da paixão pode ocorrer evitando manter o pensamento na pessoa alvo.

Formação reativa – comportamento ou pensamento oposto à pulsão inconsciente.
Encontrar ou ampliar os defeitos do outro, para justificar uma rejeição consciente.

Projeção - atribuídos a outras pessoas sentimentos e comportamentos teus:
Imaginar que o outro esteja sentindo o mesmo que você sente, ou se comportando de forma a te atingir, pois você certamente está se comportando para atingi-lo de alguma forma.

Regressão - esperar gratificação que ocorriam em fases anteriores do desenvolvimento.
A vitimização pode ser considerada um claro exemplo de regressão: uma pessoa apaixonada pode tentar expor sua fragilidade, apara despertar o desejo de ser cuidado pelo outro.

Racionalização. Buscar explicação racional para justificar pulsões inaceitáveis do ego. 
Os indivíduos tendem a racionalizar quando estão apaixonados, criando “desculpas” plausíveis para evitar a vinculação. Podemos citar como exemplo, as barreiras levantadas pela diferença de classe social, de educação, cultura etc.
Negação. Negar-se a perceber o que ocorre a sua volta, perdendo algum contato com a realidade.
Nas situações de apaixonamento, percebe-se a presença deste mecanismo quando o indivíduo não consegue ler adequadamente os sinais emitidos pela outra parte, ou fantasiando em excesso a situação, ignorando sinais importantes.
Deslocamento. Substituição consciente de um pensamento/comportamento por outro.
Na presença da pessoa amada, você demonstra interesse por outra pessoa, com o intuito de despertar alguma reação de ciúme que demonstre que ele(ela) também sente algo por você.
Anulação. Cancelamento da experiência prévia e desagradável.
Este mecanismo pode explicar porque é tão difícil fazer declarações de amor, pois a dor da rejeição pode ser insuportável. Sendo assim, o indivíduo passa a anular suas pulsões para não ter de lidar com a possibilidade de rejeição.
Introjeção. Adotar características da personalidade de outras pessoas.

Os apaixonados assimilam muito rapidamente as características da pessoa desejada, e para agradá-las é possível que passem a pensar e se comportar de maneira similar, a fim de se tornarem desejáveis.

Sublimação. Canalização das pulsões afetivas/sexuais para fins mais nobres e socialmente aceitos.

Este mecanismo pode levar as pessoas apaixonadas a praticarem o bem, fazer caridade ou se engajarem em atividades voluntárias.

Estas defesas (chamadas popularmente de “joguinhos” no senso comum”) podem ter custo bem alto: a outra parte pode interpretar de forma literal estes comportamentos de esquiva como uma rejeição, assimilar esta mensagem contraditória como verdadeira, e perder a coragem para investir na relação.

Se você já vivenciou uma situação parecida, fica uma dica: tente se aproximar novamente, sem jogos, de forma franca e honesta, demonstrando seu real interesse. Pode ser que ainda exista afeto suficiente para dar um "gás" na relação. Mas se não houver, o jeito é desapegar-se e seguir em frente, afinal, existem muitas pessoas precisando vivenciar uma relação de apego, de forma transparente, sem “joguinhos”


FREUD, ANNA. O Ego e Os Mecanismos de Defesa. Porto Alegre. Ed. ArtMed; 2006


PALAVRAS CHAVES Psicoterapia: crianças, adultos, idosos, casais e grupos. Ajuda emocional, dificuldade de relacionamento, ansiedade, depressão. Orientações e aconselhamentos. Primeira consulta psicologica grátis Maris V. Botari (Curriculo) Psicóloga Clínica CRP-SP - 06/121677  Agendamento de 1ª consulta psicológica gratuita Whatsapp (11) 99984-9910 Email: psicologamaris@gmail.com Sites: http://www.psicologiasemfronteiras.com.br http://www.psicoterapia-sp.com.br http://www.psicologiarelacionamentos.com.br  Consultório Rua Domingos de Morais, 770 – bloco 01 – sala 05 Sobreloja Vila Mariana - sp -São Paulo – 05 minutos a pé do metro Ana Rosa Horário de atendimento: Segunda a sexta: 7:00-22:00 Sábados: 7:00-19:00 Domingos e feriados – Emergências   Keys:  Psicologa Amil sp,  Psicologo Amil sp, psicóloga Amil psicólogo Amil, reembolso, Psicologa bradesco sp,  Psicologo bradesco sp, psicóloga saúde bradesco sp, psicólogo saúde bradesco sp, Psicologa bradesco,  Psicologa bradesco psicóloga bradesco saúde sp,  psicólogo bradesco saúde sp, reembolso, Psicologa Sulamerica sp,  Psicologo Sulamerica sp, psicóloga saúde Sulamerica sp, psicólogo saúde Sulamerica sp, Psicologa Sulamerica, Psicologa Sulamerica, psicóloga Sulamerica saúde sp,  psicólogo Sulamerica saúde sp, Psicologa Sul america sp,  Psicologo Sul america sp, psicóloga saúde Sul america sp, psicólogo saúde Sul america sp, Psicologa Sul america, Psicologa Sul america, psicóloga Sul america saúde sp,  psicólogo Sul america saúde sp, Psicologa convenio Sulamerica sp,  Psicologo convenio Sulamerica sp, psicóloga  convenio saúde Sulamerica sp, psicólogo  convenio  saúde Sulamerica sp, Psicologa convenio  Sulamerica, psicóloga  convenio Sulamerica saúde sp,  psicólogo  convenio Sulamerica saúde sp, reembolso, Psicologa Golden cross sp,  Psicologo Golden cross sp, psicóloga Golden cross   psicólogo Golden cross reembolso, Psicologa allianz sp,  Psicologo allianz sp, psicóloga allianz   psicólogo allianz  reembolso, Psicoterapia Amil sp,  Psicoterapia Amil, reembolso, Psicoterapia allianz sp, Psicoterapia allianz,   reembolso, Psicoterapia Golden cross sp, Psicoterapia Golden cross,   reembolso, Psicoterapia Sulamerica sp,  Psicoterapia saúde Sulamerica sp, Psicoterapia Sulamerica, Psicoterapia Sul america, sp Psicoterapia Sul america, Psicologa Amil sp,  Psicologo Amil sp, psicóloga Amil psicólogo Amil, reembolso, Terapia de casal bradesco sp,  Terapia de casal bradesco sp, Terapia de casal saúde bradesco sp, Terapia de casal saúde bradesco sp, Terapia de casal bradesco,  Terapia de casal bradesco Terapia de casal bradesco saúde sp,  Terapia de casal bradesco saúde sp, reembolso, Terapia de casal Sulamerica sp,  Terapia de casal Sulamerica sp, Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sulamerica saúde sp,  Terapia de casal Sulamerica saúde sp, Terapia de casal Sul america sp,  Terapia de casal Sul america sp, Terapia de casal saúde Sul america sp, Terapia de casal saúde Sul america sp, Terapia de casal Sul america, Terapia de casal Sul america, Terapia de casal Sul america saúde sp,  Terapia de casal Sul america saúde sp, Terapia de casal convenio Sulamerica sp,  Terapia de casal convenio Sulamerica sp, Terapia de casal  convenio saúde Sulamerica sp, Terapia de casal  convenio  saúde Sulamerica sp, Terapia de casal convenio  Sulamerica, Terapia de casal convenio Sulamerica, Terapia de casal  convenio Sulamerica saúde sp,  Terapia de casal  convenio Sulamerica saúde sp, reembolso, Terapia de casal Golden cross sp,  Terapia de casal Golden cross sp, Terapia de casal Golden cross   Terapia de casal Golden cross reembolso, Terapia de casal allianz sp,  Terapia de casal allianz sp, Terapia de casal allianz   Terapia de casal allianz  reembolso, Terapia de casal Amil sp,  Terapia de casal Amil, reembolso, Terapia de casal allianz sp, Terapia de casal allianz,   reembolso, Terapia de casal Golden cross sp, Terapia de casal Golden cross,   reembolso, primeira consulta grátis, Terapia de casal Sulamerica sp,  Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sul america, sp Terapia de casal Sul america, Reembolso, primeira consulta grátis, vila mariana, são Paulo,

PALAVRAS CHAVES Psicoterapia: crianças, adultos, idosos, casais e grupos. Ajuda emocional, dificuldade de relacionamento, ansiedade, depressão. Orientações e aconselhamentos. Primeira consulta psicologica grátis Maris V. Botari (Curriculo) Psicóloga Clínica CRP-SP - 06/121677  Agendamento de 1ª consulta psicológica gratuita Whatsapp (11) 99984-9910 Email: psicologamaris@gmail.com Sites: http://www.psicologiasemfronteiras.com.br http://www.psicoterapia-sp.com.br http://www.psicologiarelacionamentos.com.br  Consultório Rua Domingos de Morais, 770 – bloco 01 – sala 05 Sobreloja Vila Mariana - sp -São Paulo – 05 minutos a pé do metro Ana Rosa Horário de atendimento: Segunda a sexta: 7:00-22:00 Sábados: 7:00-19:00 Domingos e feriados – Emergências   Keys:  Psicologa Amil sp,  Psicologo Amil sp, psicóloga Amil psicólogo Amil, reembolso, Psicologa bradesco sp,  Psicologo bradesco sp, psicóloga saúde bradesco sp, psicólogo saúde bradesco sp, Psicologa bradesco,  Psicologa bradesco psicóloga bradesco saúde sp,  psicólogo bradesco saúde sp, reembolso, Psicologa Sulamerica sp,  Psicologo Sulamerica sp, psicóloga saúde Sulamerica sp, psicólogo saúde Sulamerica sp, Psicologa Sulamerica, Psicologa Sulamerica, psicóloga Sulamerica saúde sp,  psicólogo Sulamerica saúde sp, Psicologa Sul america sp,  Psicologo Sul america sp, psicóloga saúde Sul america sp, psicólogo saúde Sul america sp, Psicologa Sul america, Psicologa Sul america, psicóloga Sul america saúde sp,  psicólogo Sul america saúde sp, Psicologa convenio Sulamerica sp,  Psicologo convenio Sulamerica sp, psicóloga  convenio saúde Sulamerica sp, psicólogo  convenio  saúde Sulamerica sp, Psicologa convenio  Sulamerica, psicóloga  convenio Sulamerica saúde sp,  psicólogo  convenio Sulamerica saúde sp, reembolso, Psicologa Golden cross sp,  Psicologo Golden cross sp, psicóloga Golden cross   psicólogo Golden cross reembolso, Psicologa allianz sp,  Psicologo allianz sp, psicóloga allianz   psicólogo allianz  reembolso, Psicoterapia Amil sp,  Psicoterapia Amil, reembolso, Psicoterapia allianz sp, Psicoterapia allianz,   reembolso, Psicoterapia Golden cross sp, Psicoterapia Golden cross,   reembolso, Psicoterapia Sulamerica sp,  Psicoterapia saúde Sulamerica sp, Psicoterapia Sulamerica, Psicoterapia Sul america, sp Psicoterapia Sul america, Psicologa Amil sp,  Psicologo Amil sp, psicóloga Amil psicólogo Amil, reembolso, Terapia de casal bradesco sp,  Terapia de casal bradesco sp, Terapia de casal saúde bradesco sp, Terapia de casal saúde bradesco sp, Terapia de casal bradesco,  Terapia de casal bradesco Terapia de casal bradesco saúde sp,  Terapia de casal bradesco saúde sp, reembolso, Terapia de casal Sulamerica sp,  Terapia de casal Sulamerica sp, Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sulamerica saúde sp,  Terapia de casal Sulamerica saúde sp, Terapia de casal Sul america sp,  Terapia de casal Sul america sp, Terapia de casal saúde Sul america sp, Terapia de casal saúde Sul america sp, Terapia de casal Sul america, Terapia de casal Sul america, Terapia de casal Sul america saúde sp,  Terapia de casal Sul america saúde sp, Terapia de casal convenio Sulamerica sp,  Terapia de casal convenio Sulamerica sp, Terapia de casal  convenio saúde Sulamerica sp, Terapia de casal  convenio  saúde Sulamerica sp, Terapia de casal convenio  Sulamerica, Terapia de casal convenio Sulamerica, Terapia de casal  convenio Sulamerica saúde sp,  Terapia de casal  convenio Sulamerica saúde sp, reembolso, Terapia de casal Golden cross sp,  Terapia de casal Golden cross sp, Terapia de casal Golden cross   Terapia de casal Golden cross reembolso, Terapia de casal allianz sp,  Terapia de casal allianz sp, Terapia de casal allianz   Terapia de casal allianz  reembolso, Terapia de casal Amil sp,  Terapia de casal Amil, reembolso, Terapia de casal allianz sp, Terapia de casal allianz,   reembolso, Terapia de casal Golden cross sp, Terapia de casal Golden cross,   reembolso, primeira consulta grátis, Terapia de casal Sulamerica sp,  Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sul america, sp Terapia de casal Sul america, Reembolso, primeira consulta grátis, vila mariana, são Paulo,

PALAVRAS CHAVES Psicoterapia: crianças, adultos, idosos, casais e grupos. Ajuda emocional, dificuldade de relacionamento, ansiedade, depressão. Orientações e aconselhamentos. Primeira consulta psicologica grátis Maris V. Botari (Curriculo) Psicóloga Clínica CRP-SP - 06/121677  Agendamento de 1ª consulta psicológica gratuita Whatsapp (11) 99984-9910 Email: psicologamaris@gmail.com Sites: http://www.psicologiasemfronteiras.com.br http://www.psicoterapia-sp.com.br http://www.psicologiarelacionamentos.com.br  Consultório Rua Domingos de Morais, 770 – bloco 01 – sala 05 Sobreloja Vila Mariana - sp -São Paulo – 05 minutos a pé do metro Ana Rosa Horário de atendimento: Segunda a sexta: 7:00-22:00 Sábados: 7:00-19:00 Domingos e feriados – Emergências   Keys:  Psicologa Amil sp,  Psicologo Amil sp, psicóloga Amil psicólogo Amil, reembolso, Psicologa bradesco sp,  Psicologo bradesco sp, psicóloga saúde bradesco sp, psicólogo saúde bradesco sp, Psicologa bradesco,  Psicologa bradesco psicóloga bradesco saúde sp,  psicólogo bradesco saúde sp, reembolso, Psicologa Sulamerica sp,  Psicologo Sulamerica sp, psicóloga saúde Sulamerica sp, psicólogo saúde Sulamerica sp, Psicologa Sulamerica, Psicologa Sulamerica, psicóloga Sulamerica saúde sp,  psicólogo Sulamerica saúde sp, Psicologa Sul america sp,  Psicologo Sul america sp, psicóloga saúde Sul america sp, psicólogo saúde Sul america sp, Psicologa Sul america, Psicologa Sul america, psicóloga Sul america saúde sp,  psicólogo Sul america saúde sp, Psicologa convenio Sulamerica sp,  Psicologo convenio Sulamerica sp, psicóloga  convenio saúde Sulamerica sp, psicólogo  convenio  saúde Sulamerica sp, Psicologa convenio  Sulamerica, psicóloga  convenio Sulamerica saúde sp,  psicólogo  convenio Sulamerica saúde sp, reembolso, Psicologa Golden cross sp,  Psicologo Golden cross sp, psicóloga Golden cross   psicólogo Golden cross reembolso, Psicologa allianz sp,  Psicologo allianz sp, psicóloga allianz   psicólogo allianz  reembolso, Psicoterapia Amil sp,  Psicoterapia Amil, reembolso, Psicoterapia allianz sp, Psicoterapia allianz,   reembolso, Psicoterapia Golden cross sp, Psicoterapia Golden cross,   reembolso, Psicoterapia Sulamerica sp,  Psicoterapia saúde Sulamerica sp, Psicoterapia Sulamerica, Psicoterapia Sul america, sp Psicoterapia Sul america, Psicologa Amil sp,  Psicologo Amil sp, psicóloga Amil psicólogo Amil, reembolso, Terapia de casal bradesco sp,  Terapia de casal bradesco sp, Terapia de casal saúde bradesco sp, Terapia de casal saúde bradesco sp, Terapia de casal bradesco,  Terapia de casal bradesco Terapia de casal bradesco saúde sp,  Terapia de casal bradesco saúde sp, reembolso, Terapia de casal Sulamerica sp,  Terapia de casal Sulamerica sp, Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sulamerica saúde sp,  Terapia de casal Sulamerica saúde sp, Terapia de casal Sul america sp,  Terapia de casal Sul america sp, Terapia de casal saúde Sul america sp, Terapia de casal saúde Sul america sp, Terapia de casal Sul america, Terapia de casal Sul america, Terapia de casal Sul america saúde sp,  Terapia de casal Sul america saúde sp, Terapia de casal convenio Sulamerica sp,  Terapia de casal convenio Sulamerica sp, Terapia de casal  convenio saúde Sulamerica sp, Terapia de casal  convenio  saúde Sulamerica sp, Terapia de casal convenio  Sulamerica, Terapia de casal convenio Sulamerica, Terapia de casal  convenio Sulamerica saúde sp,  Terapia de casal  convenio Sulamerica saúde sp, reembolso, Terapia de casal Golden cross sp,  Terapia de casal Golden cross sp, Terapia de casal Golden cross   Terapia de casal Golden cross reembolso, Terapia de casal allianz sp,  Terapia de casal allianz sp, Terapia de casal allianz   Terapia de casal allianz  reembolso, Terapia de casal Amil sp,  Terapia de casal Amil, reembolso, Terapia de casal allianz sp, Terapia de casal allianz,   reembolso, Terapia de casal Golden cross sp, Terapia de casal Golden cross,   reembolso, primeira consulta grátis, Terapia de casal Sulamerica sp,  Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sul america, sp Terapia de casal Sul america, Reembolso, primeira consulta grátis, vila mariana, são Paulo,




5 de agosto de 2017

O erro de buscar alguém que nos complete

Relacionamentos não devem servir para nos completar, mas sim para que tenhamos com quem compartilhar nossas experiências.

Alguns autores da psicologia moderna (Cruz e Maciel, 2002) entendem que os relacionamentos afetivos são fenômenos sociais, uma vez que as pessoas tendem a se aproximarem em função das variáveis presentes no ambiente.  São organizados  com base na individualidade, crenças e valores; mantidos pelo desejo, admiração, carinho, companheirismo e intimidade.

*psicologa amil*Numa relação promissora, dois indivíduos vivem  de maneira independente,  abrem espaço mútuo para interação, mas não pode haver invasão, nem projeção ( esperar que o outro seja aqui que eu gostaria de ser).

 

A ideia de complementariedade  (Eu te amo porque você me completa), tende a levar muitos relacionamentos para o abismo, pois fica implícita a ideia de uma pessoa incompleta. Oras, o que seria uma pessoa incompleta?

A Incompletude remete à falta, portanto uma pessoa incompleta seria aquela a quem algo falta. E se algo lhe falta é justo exigir que o outro preencha esta falta dentro do relacionamento afetivo?

A resposta é bem clara: NÃO, pois esta postura vai exigir que o outro abra mão de si mesmo para satisfazer seu parceiro (que nem sempre saberá reconhecer). Abrir mão da individualidade, para atender os caprichos de alguém nos relacionamentos afetivos é praticamente suicídio psíquico, pois a individualidade compreende crenças, valores e tradições que foram construídas ao longo de uma existência e não podem simplesmente ser apagadas como se fossem um traço a lápis.



Referências

CRUZ, Roberto Moraes;  WACHELKE, João Fernando Rech; ANDRADE, Alexsandro Luiz de. In Avaliação e medidas psicológicas no contexto dos relacionamentos amorosos. São Paulo, Casa do Psicólogo, 2012.


voce me completa

voce me faz feliz

psicologa amil

Apego e desapego

Apego| desapego



Apegar-se e desapegar-se parece simples:  é como se viéssemos com uma chave "lida-desliga" ou melhor, "apega-desapega", que pudéssemos manejar de acordo com a nossa vontade.

PSICOLOGA, PSICOLOGO, amil, bradesco, sp, terapia cognitivo comportamental, crianças, adultos, idosos, primeira, consulta gratis, sulamerica, sp, depressão, ansiedade, vila mariana, psicoterapia.



 

 

 

 

Apego


O comportamento de apego é fundamental para que possamos estabelecer vínculos de confiança com as pessoas do nosso meio e tem suas origens na infância (de acordo com alguns teóricos entre 06 e 18 meses).



 De acordo com Bowlby  (1990) o apego é um mecanismo instintivo que favorece a capacidade de exploração  da criança, evitando assim se distanciar dos cuidadores que lhe transmitem a sensação de segurança, especialmente quando se depara com potenciais perigos.



Sendo assim, podemos entender que formar vínculos de apego é essencial para que possamos estabelecer relações seguras em qualquer idade. Mas para que estes vínculos sejam efetivamente seguros é importante que o indivíduo possua a capacidade de confiar no outro, e se colocar como um elemento confiável na relação.



Portanto, apegar-se é importante.



O que deve-se questionar neste caso não é o comportamento de apego em si, mas a forma como o apego é demonstrado. Uma das formas inadequadas de demonstrar apego é "cercar" o outro e exigir atenção exclusiva, levando-o a ter prejuizos de ordem social ou emocional. Outra forma inadequada de demonstrar apego e á "chantagem emocional" que visa o benefício de quem a faz, em detrimento da relação.



Desapego


Naturalmente se o apego é importante para promover relações confiáveis, o desapego não é algo tão fácil. Não basta simplesmente colocar a "chavinha" no modo off. É necessário desconstruir os vínculos que formaram a relação de apego, como quem desconstrói um muro, tijolo-a-tijolo.

O desapego deve ser algo lento e gradual, pois quando algo se vai, deixa um "vazio" que não pode ser preenchido por nada. É importante dar tempo para compreender este vazio, conviver com ele, aceitá-lo e depois de algum tempo, buscar a formação de novos vínculos, com novos significados.



Apegar-se

Desapegar-se

BOWLBY J. Apego. São Paulo: Martins Fontes, 2ª edição, 1990.

Relacionamentos Promissores

Relacionamentos Promissores: O que são, e como mantê-los?


consulta psicológica, psicologa, agendamento de consulta gratuita, preços de terapia, psicoterapia, atendimento, psicoterapico,psicoterapia, psicologa, psicologo, psicanalista, gestalt, terapia cognitivo comportamental, testes, avaliações, quanto custa consulta, atendimento, psicologico, psico, estresse, psicologa, tratamento, convenio,  terapia de casais,depressao, estresse, ajuda emocional, convenio psicologico, marcar consulta, sao paulo psicologa, preco de consulta, valor da consulta psicologa,primeira consulta psicologica gratis, terapia, psicoterapia, psicologia, tratamento para depressao, tratamento para ansiedade, dificuldade de relacionamento, crianças, adultos, idosos, casais, grupos, palestras, estresse, obesidade, ciúme, amor, namoro, casamento, sexo, sexualidade, luto, patologia tratamento, psicóloga allianz, psicólogo, allianz, psicóloga, allianz psicólogo saúde bradesco, psicóloga saúde porto seguro,  clinica de psicologia, consultorio psicologia, convenio psicologa, consultorio psicologigo vila mariana, bradesco saude, amil, unimed, golden cross, reembolso, omnit, psicologa na vila mariana, psicologa que atende amil em Sp, psicóloga que atende saúde bradesco em sp, Psicologa que atende Sul America em Sp


Em tempos de liquidez afetiva (Bauman, 1999), estabelecer relações promissoras parece impensável. Tanto na vida familiar, profissional, afetiva ou pessoal, os relacionamentos se configuram como utilitaristas, ou seja, existe uma tendência a pensar sobre os relacionamentos em termos de perdas/ganhos. Não que esta ideia seja totalmente equivocada, afinal todos querem dar e receber algo. Talvez o equívoco aqui seja o que  se espera em troca?

Numa sociedade cada vez mais individualizada como a nossa, onde a competitividade é palavra de ordem, somos condicionados a ver o outro como nosso "rival", alguém que vai tirar aquilo que conquistamos.Neste cenário, as relações são marcadas por forte desconfiança.

É possível confiar no outro?

Naturalmente, a resposta não é tão simples. Seria leviandade afirmar que todas as pessoas são dignas de confiança ao primeiro contato. É preciso conhecer seus princípios, sua forma de se relacionar, suas esperanças, etc.  No entanto, não é saudável manter-se em estado de alerta e desconfiança continuamente. É preciso arriscar-se um pouco no momento de estabelecer novos relacionamentos, O ideal é conhecer o momento certo de investir e recuar. Ressaltando que também somos avaliados pelos outros...

Confiança é suficiente?

É um ingrediente importante, mas não é suficiente.
Para estabelecer relações saudáveis é importante que haja EMPATIA, ou seja a capacidade de colocar-se no lugar do outro, compreender o que e o porquê sente aquilo que sente.
Especialmente nos relacionamentos amorosos, a falta de empatia colabora para minar relações que pareciam promissoras a princípio.

O papel da Empatia nas relações

Embora seja difícil, praticar a empatia não é algo impossível, nem exige "cursos de especialização", mas é necessário que deixemos nossa "zona de conforto" para entrar na zona de conforto do outro, por um momento apenas, retornando para a nossa assim que possível.  Não se trata de mudar de ponto de vista, mas colocar-se no lugar do outro para entender seu contexto.

Ao se colocar no lugar do outro, fica mais fácil compreender as variáveis que o levam a agir de determinada forma, seus pensamentos, sentimentos e comportamentos. 

Que fique bem claro: colocar-se no lugar do outro não de ser entendido como adotar sua personalidade  forma permanente, ao contrário, é "ir até ele e voltar para você em seguida".

Também não é concordar com seus valores, ou aceitar seus comportamentos equivocados. É apenas compreender para não cometer julgamentos prejudiciais à relação.

Na prática ter empatia com o outro é compreender que se o outro está triste, é porque aconteceu algo fora das relação, e dar ao outro o tempo suficiente para se refazer do susto.

Talvez a dificuldade em praticar a empatia nas relações amorosas se dê pelo simples fato de que um dos pares (as vezes os dois) se colocam como centro do universo da vida do outro, e acreditam viverem numa bolha onde nada mais os afeta, apenas o amor deve bastar, ignorando as variáveis que vêm de fora. Este quadro é comum nas paixões iniciais (quando parte do cérebro está ocupada em produzir ocitocina para promover a vinculação e o senso crítico está prejudicado). Neste cenário mental, praticar a empatia é difícil , pois é natural que o indivíduo exija toda atenção para si. Mesmo assim, é possível ser empático, justamente para viver uma relação mais saudável quando a paixão diminuir.

Conclusão:

Relacionamentos promissores exigem, confiança, compreensão e empatia.

 Exigem um pouco mais... É preciso enxergar o outro como ele é, sem deixar de ser você mesmo.

É preciso ir ao outro, e saber voltar para si.



Leia mais:




Pulicado originalmente em 15 de dezembro de 2015




Relacionamentos promissores

casamento feliz

namoro feliz

25 de julho de 2017

A banalização do amor

psicologa sp, psicologa bradesco, psicologa saude bradesco, sp, psicologa amil sp, psicologa sulamerica, sp, psicologa golden cross, sp, vila mariana, convenio por reembolso, crianças adultos casais





Nosso amor não deu certo
Gargalhadas e lágrimas
De perto fomos quase nada
Tipo de amor que não pode dar certo
na luz da manhã
(Cazuza. Eclipse Oculto)






É comum chamar de "amor" as pessoas que se amam (Amor, quer sair pro jantar?); pode ser usada para qualificar algo (Que amor de vestido!), ou exaltar as qualidades de alguém (A professora é amor).  

Entretanto não é apenas a palavra "amor" que caiu na banalização, mas também a afetividade tornou-se fluída na pós-modernidade. O Sociólogo Zigmunt Bauman trata deste assunto em seu livro "Amor Líquido" (recomendo a leitura) onde trata da forma com que as relações se tornaram fluidas e inconsistentes no mundo globalizado.                                
Segundo Bauman:

Abandonar e destituir foram celebrados, por um breve período, como a derradeira libertação do sexo da prisão em que era mantido por uma sociedade patriarcal, puritana, desmancha-prazeres, hipócrita e ainda por cima desafortunadamente vitoriana.  Aqui estava, afinal, um relacionamento mais puro que a pureza, um encontro que não servia a outro propósito senão o prazer e a alegria. Uma felicidade de sonho, sem restrições, sem medo de efeitos colaterais e portanto alegremente cega às suas consequências. Uma felicidade do tipo "satisfação garantida ou seu dinheiro de volta" A mais completa encarnação da liberdade, tal como definida pela sabedoria e pela prática populares da sociedade de consumo. (2004, p. 30)

Na concepção de Bauman, a banalização do amor se relaciona com a consagração da liberdade afetiva, onde o que é importa é colecionar conquistas e cada parceiro afetivo é um troféu. Trata-se de um “consumismo de gente”, quando as pessoas são vistas como mercadorias afetivas de acordo com seus atributos e as relações são fragmentadas. Não há mais tempo, nem interesse para promover a intimidade; a proximidade só existe enquanto o outro tiver algo a oferecer, ou até que aparece uma oferta mais gratificante no “mercado afetivo”.

A banalização do amor ocorre quando as pessoas se descartam mutuamente. Basta que haja um ponto de vista diferente e o romance que poderia dar certo afunda! Ou seja, quando um dos pares não atende o que foi idealizado corre o risco de ser colocado de lado. E assim inicia-se uma nova busca, por parceiros que atendam os “requisitos básicos”.

Esta prática é muito comum nas redes de relacionamento virtuais: as pessoas usam categorias para se conhecerem:  se quer um parceiro universitário, irá nas redes sociais ou chats onde é possível encontrá-los e com certeza irá conhecerá muitas pessoas com as mesmas afinidades. Mas isso não é garantia de êxito na relação, porque a partir do momento em que foi feita uma categorização, é bem provável que a relação se desenvolva a partir dela.

O risco que se corre neste caso é vincular a imagem da pessoa real à idealizada, uma vez que o amor baseado em categorias desconsidera outras formas de ser e pensar da pessoa escolhida.  Se você conseguir perceber que o outro é um indivíduo que vai além das categorias pré-estabelecidas, desvinculada de supostos conceitos, certamente poderá vivenciar uma relação que não caia na banalização, ou quem sabe, um grande amor!

Textos sobre Relacionamento

Widget Recent Posts

Artigo da semana